•  
     

Guia reúne dicas para 'fazer amigos e influenciar pessoas' n

Colunista do site 'Cnet' ensina como adicionar valor à rede de contatos.
Contribua com suas próprias sugestões, no final desta reportagem.


Atento à popularização do serviço de microblog Twitter, que também vem ganhando muitos adeptos no Brasil, um colunista do site “Cnet” criou uma espécie de manual para essa rede social, que só permite a publicação de textos com até 140 caracteres. As dicas do colunista Don Reisinger têm o objetivo de adicionar mais valor à rede de contatos e também criar “melhores práticas” entre os usuários do microblog. Confira e dê suas próprias dicas, no final desta reportagem.

tuister.jpg
Twitter permite publicação de textos com, no máximo, 140 caracteres. (Foto: Reprodução )


Passe adiante

A prática de “retwittar”, ou passar adiante algo escrito por outro usuário, é positiva: quando você divulga os textos e links de outros internautas, é possível que eles façam o mesmo com seus twitts. Assim, seu nome será divulgado e você pode ganhar mais seguidores. “É preciso ter certeza que a mensagem repassada também será interessante para os seus contatos. Aprendi isso da forma dura, percebendo que meus seguidores não se importam com cavalgadas em Moscou”, escreveu Reisinger.

Para retwittar, use as letras RT antes do nome do usuário e copie o texto. Por exemplo: “RT @fakechucknorris: Twitter HIJACKED me and called ME fake.... I know where twitter lives.”

Exposição

A proposta inicial do Twitter era que os usuários escrevessem o que eles estavam fazendo naquele instante. Mas muita coisa mudou desde o lançamento do serviço e, às vezes, detalhes exagerados sobre a vida cotidiana podem não ser bem-vindos. “Eu realmente me importo sobre o que você tem a dizer. Mas não poderia me importar menos sobre seu jantar na noite passada ou sobre o quão delicioso é aquele sanduíche de frango”, exemplifica o colunista.

Responda

O Twitter não é uma ferramenta de comunicação instantânea, como o MSN Messenger – por isso, não deve ser usado como um chat, para combinar os detalhes do passeio do próximo sábado. Ainda assim, Reisinger acredita que as pessoas querem feedback sobre o que escrevem na rede social. Elas estão lá para serem ouvidas e, para mostrar que você está ouvindo, nada melhor do que responder aos microposts vez ou outra.

Encontre conteúdo

Retwittar pode ser uma prática interessante, porém é preguiçosa: você simplesmente replica o que alguém já publicou no Twitter. Sendo assim, o colunista da “Cnet” recomenda que o usuário busque novos conteúdos, para levar novidades à rede de relacionamentos.

Atualizações automáticas

Apesar de o Twitter perguntar “o que você está fazendo?”, não é necessário ter uma resposta toda hora. “Eu fico feliz em saber da sua vida, sobre o que está acontecendo, mas não quero ser inundado com informações sobre o que você lê na web ou as músicas que ouve no computador”, diz o colunista. Por isso, ele é contra as atualizações automáticas, postadas por serviços on-line mesmo quando o usuário está longe do Twitter.

Jogo da velha

O símbolo # é usado no Twitter para agrupar informações e facilitar a localização de conteúdo nas buscas do site. Aqueles que comentaram sobre o evento Campus Party no Brasil, por exemplo, usaram o termo #campusparty ou #CP, organizando assim a informação referente ao encontro de internet realizado em São Paulo.

Fotos

O Twitter não precisa ficar limitado somente a textos. O serviço Twitpic, por exemplo, permite que usuários ofereçam links para suas fotos. “Falando a verdade: quem quer ver somente textos o dia inteiro? Seus seguidores podem gostar mais de ver fotos do que suas atualizações tradicionais”, diz o colunista.

No final de suas dicas, Don Reisinger faz uma brincadeira pedindo que os leitores o sigam. “Você já sabe o que vai encontrar: um usuário que retwitta informações interessantes, que não dá detalhes sobre seu jantar, que escuta você, que encontra artigos interessantes, que não manda spam, que usa jogo da velha e ainda divulga fotos.”