•  
     

Google Earth 5.0 “mete Água”

Os internautas podem a partir desta segunda-feira “mergulhar” nos oceanos, fazer viagens no tempo e ver o planeta Marte em alta resolução com as novas funcionalidades do Google Earth, apresentadas na sede lisboeta do portal.

O Google Earth 5.0 permitirá ainda a partilha de imagens, vídeo ou foto feitas pelos próprios utilizadores, segundo explicou Inês Gonçalves, directora de marketing da sucursal portuguesa.

imagem_google_earth.jpg
imagem_google_earth.jpg (13.94 KiB) Visto 754 vezes


“O Google Ocean, com o qual fechamos um ciclo, vai permitir ver ‘todo’ o planeta com bastante detalhe e informação”, destacou Inês Gonçalves, numa referência à nova funcionalidade “Ocean”.

A nova ferramenta passará a mostrar os restantes 70% do planeta constituídos por água, cinco por cento dos quais já estão explorados e cartografados e exibidos com maior detalhe.

O utilizador vai poder navegar literalmente pelos oceanos da Terra, tanto à superfície como debaixo de água, podendo ainda acompanhar o trajecto feito por um tubarão branco monitorizado.

O “Ocean” permite-nos, entre outras utilidades, saber a temperatura da água e os melhores locais para o surf, kitesurf e mergulho, três modalidades com alguma importância na costa portuguesa.

O Google Earth passa também a disponibilizar imagens históricas, permitindo, por exemplo, assistir ao “antes, durante e depois” do antigo e o actual Estádio da Luz, em Lisboa.

O internauta poderá acompanhar as mudanças feitas pelo homem ao longo dos tempos, enquanto a ferramenta “acompanhamento GPS” permite inserir percursos a partir de aparelhos de localização dos utilizadores.

Esta versão está disponível em 40 idiomas, entre eles o Português. Pode descarregar o programa a partir daqui.

in Jornal de Notícias