•  
     

GAMES VIOLENTOS PODEM RENDER PRISÃO NA ALEMANHA

Projeto de lei sugere pena a criadores e desenvolvedores de jogos.
Em novembro, fã de Counter Strike atacou escola e se suicidou.


Jovem alemão que atacou escola jogava Counter Strike; game propõe matança de inimigos.jpg
Jovem alemão que atacou escola jogava Counter Strike; game propõe matança de inimigos
Jovem alemão que atacou escola jogava Counter Strike; game propõe matança de inimigos.jpg (9.75 KiB) Visto 198 vezes


Um projeto de lei na Alemanha propõe que os criadores e desenvolvedores de games que promovem a violência no universo virtual sejam punidos com prisão de até 12 meses. Segundo políticos da Baviera e Baixa Saxônia, a medida refere-se a penas para aqueles que “promovem a violência cruel contra humanos ou personagens com aparência humana dentro de jogos”.

Segundo o jornal britânico “The Guardian”, a medida surgiu como resposta à ação de Sebastian Bosse, 18, que no mês passado invadiu a escola primária onde havia estudado, em Emsdetten, feriu dezenas de pessoas e se suicidou. Depois do crime, parlamentares alemães exigiram uma investigação sobre videogames violentos e jogos de simulação de guerra, sob suspeita de que esse conteúdo teria influenciado o jovem. Nenhum resultado sobre essa possível relação foi apresentado até o momento.

Christa Stewens, representante de órgãos de defesa da família no conservador Estado alemão da Baviera, chegou a pedir a proibição nacional de jogos de simulação de guerra como paintball e de pistolas de laser, nos quais os participantes fingem matar uns aos outros com armas que disparam balas.

Günther Beckstein, ministro do Interior do Estado alemão da Baviera, afirma que existe uma relação direta entre a ação do jovem suicida e as muitas horas que ele passava jogando Counter Strike (jogo em primeira pessoa, no qual o usuário deve atirar naqueles que cruzam seu caminho). “Não há qualquer dúvida que esse tipo de conteúdo desenvolve personalidades instáveis”, afirmou.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia ... 74,00.html