•  
     

Fim do mundo em 1 de fevereiro de 2019?

Um Asteróide está vindo em direção à Terra, segundo cientistas da NASA ele tem dia marcado: 1 de fevereiro de 2019. Este video foi produzido baseado na reportagem da revista Isto É Dinheiro de 31 de julho de 2002.

 
não era pra acabar o mundo em 2000 e dps em 2013 e nada o mundo não acaba o mundo só acaba quando deus quiser
 
shitsuke;* Escreveu:não era pra acabar o mundo em 2000 e dps em 2013 e nada o mundo não acaba o mundo só acaba quando deus quiser


Para os cientistas, todos os anos, tem fim do mundo :roll:
 
Ia acabar em 2012 , agra em 2019 .
Isso e so pra assustar a população hues.
Puma pm.
 
Não creio nesta possibilidade.

(89959) 2002 NT7 (também se escreve (89959) 2002 NT7) é um asteroide, com diâmetro de 2 quilômetros, famoso por ser o primeiro dentre os objetos descobertos pelo programa NEO da NASA (procura por objetos que venham a passar próximos à Terra) a obter um fator positivo da Escala Técnica de Ameaça de Impacto de Palermo, com possível impacto previsto para 1º de fevereiro de 2019. A possibilidade do impacto vir a ocorrer era altíssima, aproximadamente uma chance em um milhão, para fatores de escala astronômica, uma porcentagem extremamente alta, porém esta foi eliminada em poucas semanas1 .

O fator inicial na Escala de Palermo era de 0,06, sendo rebaixado em 25 de julho de 2002 para -0,25, ou seja, abaixo do risco médio de impactos, após observações mais detalhadas de sua órbita. Sabe-se agora que o 2002 NT7 passará a 0,4078 UA (61.010.000 km) da Terra em 13 de janeiro de 2019.


References

Jump up ↑ Asteróide não vai bater na Terra em 2019. BBC Brasil (29 de julho de 2002). Página visitada em 22 de janeiro de 2013.


fonte


Risco futuro?


“Nós podemos desconsiderar qualquer possibilidade de choque em 1° de fevereiro de 2019”, disse Don Yeomans, da Nasa – a agência espacial americana.

Por enquanto os cientistas ainda não podem descartam a hipótese de o 2002 NT7 entrar em rota de colisão com a Terra no futuro.

“Ainda não podem descartar completamente o risco de um choque em 2060, mas aparentemente essa hipótese também será eliminada em breve”, disse Yeomans.

Analistas esperam que em algumas semanas novas observações permitão que se tenha uma idéia melhor sobre a trajetória do asteróide no futuro.

Não há observações anteriores 2002 NT7 no passado, pois o asteróide costuma viajar por regiões do espaço que não são freqüentemente monitoradas.

"Sensacionalismo"

Na opinião de Benny Peiser, da Universidade John Moore de Liverpool, na Inglaterra, não há motivo para celebração.

“Seria prudente avisar que futuras observações podem resultar em novas datas de colisão”, disse Moore.

O interesse mundial no asteróide 2002 NT7 provocou polêmica entre os astrônomos.

Muitos deles estão insatisfeitos com o que consideram reportagens alarmistas na imprensa e dizem que a política oficial de divulgação de informações do tipo deve ser revista.


fonte