•  
     

Família de menina atirada de ponte critica Justiça australia

A família da menina australiana jogada de uma ponte pelo pai criticou o sistema judicial da Austrália de ter falhado ao ignorar alertas feitos pelos familiares sobre o risco à segurança de Darcey Freeman e seus dois irmãos, Ben e Jack.

menina.jpg
Família diz que alertou a justiça sobre a segurança da menina
menina.jpg (4.25 KiB) Visto 176 vezes


As críticas foram divulgadas em um comunicado divulgado pela família nesta quinta-feira.

Darcey Freeman, de quatro anos, morreu há uma semana, horas após ter sido jogada da ponte West Gate, em Melbourne, em plena luz do dia, pelo pai, Arthur Phillip Freeman, que sofria de depressão.

"O sistema falhou e vai continuar a falhar com outras famílias até que autoridades tomem ações", disse o tio de Darcey, Tim Barneys, no comunicado.

O governador do Estado de Victoria, John Brumby, negou as acusações de que o governo teria ignorado os alertas da família. Segundo ele, não há registros de contatos prévios de parentes de Darcey com as autoridades.

Homenagens

A família de Freeman propôs a criação de uma data em memória "às crianças que saíram cedo de nossas vidas", diz o comunicado.

A ideia foi apoiada pelo primeiro ministro australiano, Kevin Rudd.

"Talvez possamos transformar esse dia em uma semana das crianças", disse Rudd em uma conferência de imprensa em Camberra.

A menina também será homenageada no próximo dia 14 por caminhoneiros, que atravessarão, em comboio, a ponte onde ocorreu a tragédia.

Um representante dos caminhoneiros disse à mídia local que espera arrecadar verbas para ajudar a promover um programa de saúde mental em escolas.

"Além disso, metade do dinheiro gerado será doado a mãe e irmãos de Darcey", afirmou o motorista.
No site de relacionamentos Facebook mais de 150 mil pessoas registraram-se para fazer parte de um grupo de tributo a Darcey Freeman.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticia ... e_np.shtml