•  
     

EUA pedem desculpas a Berlusconi após divulgação de polêmica

EUA pedem desculpas a Berlusconi após divulgação de polêmica biografia

WASHINGTON, 8 Jul 2008 (AFP) - A Casa Branca pediu desculpas à Itália após a divulgação de uma biografia de Silvio Berlusconi criticando o primeiro-ministro e os costumes políticos de seu país, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

"Silvio Berlusconi é um dos dirigentes mais controvertidos da história de um país famoso por sua corrupção", diz uma biografia do premier italiano divulgada junto com a documentação distribuída aos jornalistas que acompanham o presidente americano, George W. Bush, à cúpula do G8 no Japão.

"A primeira coisa que fiz quando fiquei sabendo do caso (pela imprensa italiana na segunda-feira) foi ligar para Tony Fratto", um porta-voz da Casa Branca, explicou à AFP o porta-voz da embaixada da Itália em Washington, Luca Ferrari.

"Disse a ele que isso era inaceitável, que exigíamos a retirada imediata da biografia e um pedido de desculpas formal", acrescentou Ferrari.

De acordo com o porta-voz italiano, a reação de Fratto foi "imediata". "Ele pediu mil desculpas", afirmou.

"Um erro foi evidentemente cometido pelas pessoas responsáveis pelo recolhimento do material, e apresentamos nossas desculpas mais sincceras ao primeiro-ministro e aos italianos", declarou Fratto.

Tony Fratto, de origem italiana, se disse "particularmente ofendido" pelo sucedido. "Tenho muitos amigos e parentes na Itália", lembrou o porta-voz da Casa Branca, sem especificar quem foi o culpado pela gafe.

"Alguém foi na internet, imprimiu biografias sem lê-las e colocou os textos na documentação. Nosso erro foi presumir que eram fontes respeitáveis", explicou.

Todos os que conhecem o presidente Bush "sabem que ele tem muita admiração e respeito pelo primeiro-ministro italiano", acrescentou Fratto, lembrando que "a Itália é um país amigo e aliado dos Estados Unidos".

"Estamos entre amigos, é óbvio que eles não fizeram isso de propósito", ponderou Luca Ferrari.



Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... 02,00.html