•  
     

Estudante é suspenso por universidade por ser ator pornô

John Gechter, de 22 anos, foi suspenso até 2010 pela universidade.
Ele trabalhava como ator pornô com o nome de 'Vincent DeSalvo'.


ator-porno-universidade.jpg
Gechter trabalhava secretamente como ator pornô com o nome de 'Vincent DeSalvo'. (Foto: Reprodução/Pittsburgh Post-Gazette)
ator-porno-universidade.jpg (17.58 KiB) Visto 1339 vezes


O norte-americano John Gechter teve que mudar seus planos de se formar em biologia molecular na universidade de Grove City, no estado da Pensilvânia (EUA), após ser suspenso. Detalhe: a instituição o suspendeu por ele ser ator pornô, segundo reportagem do jornal "Pittsburgh Post-Gazette".

Gechter, de 22 anos, trabalhava secretamente como ator pornô com o nome de "Vincent DeSalvo" e chegava a ganhar até US$ 11 mil por uma semana de trabalho. Ele usava o dinheiro para pagar a faculdade.

As coisas estavam indo bem até que um aluno encontrou na internet filmes em que Gechter trabalhava e enviou sua identidade secreta para amigos. O ator estima que o e-mail tenha sido mandado para mais de 60% da população estudantil.

"[O filme] pornô me permitiu terminar a faculdade", disse ele. "Em vez de trabalhar 40 horas por semana como garçom, você faz uma cena e tem tempo para se concentrar nos estudos", destacou Gechter, que não tinha revelado a identidade secreta nem para o colega de quarto.

A universidade se baseou no manual do estudante, que pune com sanções disciplinares quem faz sexo antes do casamento, seja em relações heterossexuais ou homossexuais, ou em qualquer outro tipo de relação que viole a conduta cristã dos padrões históricos da instituição.

A universidade acusou o estudante de má conduta _____, contrária aos valores da instituição. Ele foi suspenso até 2010. Gechter disse que estava preparado para ser descoberto, mas não para a reação que a direção da faculdade tomou.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBiz ... PORNO.html