•  
     

Entre Nobres

O sepultamento medieval era bem diferente do que conhecemos hoje. Em primeiro lugar, os cemitérios pertenciam à Igreja e em certos períodos e regiões, estavam reservados aos indignos de serem sepultados nas imediações ou dentro do próprio templo. Em certas partes da Alemanha continuava-se enterrando os mortos com seus pertences e faziam-se barricadas com objetivos mágicos em torno do túmulo, para evitar que o morto viesse atormentar os vivos…

As efígies de tumbas medievais, estavam reservadas à nobreza. Reis, rainhas e duques eram inumados sob o altar. Outros nobres acotovelavam-se no restante da Igreja. Estar dentro dela era um sinal de graça e, obviamente, riqueza. Para ser sepultado numa igreja, era necessário que o morto houvesse feito alguma doação ou concedido algum benefício à ordem religiosa que a mantinha ou à construção em si.

tum1.jpg
tum1.jpg (47.25 KiB) Visto 48 vezes


religiao1.jpg
religiao1.jpg (17.72 KiB) Visto 48 vezes



Fonte: http://jornale.com.br/wicca/?p=614