•  
     

Entram em vigor hoje as novas tarifas da AES Eletropaulo

Entram em vigor hoje as novas tarifas da AES Eletropaulo

Aumento médio nos preços da energia é de 8,12%.
Para consumidores residenciais, alta fica em 8,63%.

Entra em vigor nesta sexta-feira (4) o reajuste médio de 8,12% para as tarifas de energia da AES Eletropaulo, que atende 5,7 milhões de clientes em 24 municípios paulistas, incluindo a capital. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o aumento para os consumidores residenciais é de 8,63%.


Para os consumidores industriais, o aumento médio é de 7,12%, de acordo com a agência. O percentual de reajuste, segundo a Aneel, depende da tensão em que a companhia é atendida.


As empresas classificadas na tarifa A2 (tensão de 88 a 138 kV) têm alta de 7,98% na tarifa; para a categoria A3a (tensão de 34,5 kV), o reajuste é de 8,06%; as companhias da categoria A4 (2,3 a 25 kV) têm aumento de 7,08%.



Justificativas
Segundo o especialista da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Wellington Carlos, aescalada da inflação e os gastos adicionais com o acionamento de usinas termoelétricas desde o início do ano para poupar água dos reservatórios das hidrelétricas foram os principais fatores que influenciaram a aprovação do reajuste médio de 8,12% nas tarifas de energia da Eletropaulo.

Segundo Carlos, o acionamento das térmicas teve um custo adicional, no caso da Eletropaulo, de R$ 102,9 milhões. Para se ter uma idéia do efeito, o das térmicas representou 1,24 ponto porcentual dos 8,12% de reajuste. "Se não tivesse sido necessário ligar as térmicas, o reajuste médio da Eletropaulo teria sido de 6,9%, em vez dos 8,12%", explicou o diretor-geral da Aneel, Jerson Kelmann, durante reunião da diretoria da agência que aprovou o aumento.






Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Economia_N ... PAULO.html