•  
     

Efeitos da tela azul do Google

googleerro.jpg

errowindows.jpg


No final de semana, o Google sofreu uma pane mundial. Foi como uma tela azul (famosa tela de erro do Windows) só que do sistema de busca. Durante 40 minutos, o Google dizia que todos os sites que apareciam em sua busca estavam infectados e você não conseguia acessá-los.

Aqui, no Brasil, o assunto foi noticiado e já morreu. Mas lá fora abriu-se um debate sobre uma suposta “monocultura” que o Google criou na web (tudo gira em torno do sistema de busca).

Larry Dignan, do ZDnet, por exemplo, aponta para o perigo (dependência) que a Google criou - as pessoas, em sua maioria, conhecem e utilizam apenas um mecanismo de busca. E diz que o Google ainda não é ponto de monocultura como o sistema Windows foi há algum tempo, mas logo será. E pergunta. E se o mesmo tivesse acontecido com o Ask.com, alguém teria percebido?

Om Malik, do blog GigaOM, um dos mais influentes na área de tecnologia, diz que esse tipo de reação (”a internet quase parou”) será cada vez normal à medida que o Google ficar maior e estender o seu “controle sobre a nossa vida digital”. Para exemplificar essa dependência do Google, comenta-se que sites tiveram uma queda de 50% no tráfego durante a pane.

Essas cutucadas no Google não são novidade. Faz tempo que a lua de mel da Google com parte da imprensa de tecnologia e blogs (pelo menos, os da lista A) acabou. Antes, por exemplo, era raro ver um post explorando as tentativas frustradas da empresa em tornar o YouTube rentável.

Tudo isso abre terreno e dá combustível para o próximo livro de Andrew Keen, autor do The Cult of the Amateur e crítico feroz da chamada Web 2.0. Provisoriamente batizado de The Google Paradox, o livro terá como alvo o sistema de busca.

E baterá na tecla de que quanto mais o Google mata a tradicional indústria editorial com o conteúdo gratuito (via seu sistema de busca), mais livros serão escritos sobre o papel do Google em nossa economia. O que para ele é uma contradição.

Fonte: Tiago Doria - (http://www.tiagodoria.ig.com.br/2009/02 ... do-google/)