•  
     

Duas garotas indianas casam-se com sapos

Num ritual bizarro, duas garotas menores de idade, as duas com 7 anos, de um vilarejo remoto, Pallipudupet, no distrito de Tamil Nadu´s Villupuram, foram casadas com sapos na noite de sexta-feira. A cerimônia, um festival anual durante o Pongal (época da colheita), foi conduzido "para prevenir epidemias de misteriosas doenças no vilarejo".

As garotas, Vigneswari and Masiakanni, vestidas com o tradicional traje de casamento - saris bordados com ouro e jóias em ouro - casaram-se com os "príncipes sapos" separadamente,em elaboradas cerimônias em dois diferentes templos na presença de centenas de moradores.

Em meio a intonações de hinos Vedicos, os pastores do templo enfeitaram com flores e festões e amarraram magalsutras (um tipo de traje que não pode ser usado por mulheres solteiras) nas noivas em meio aos sapos, entitulando-as esposas dos anfíbios antes do sagrado fogo na hora auspiciosa.

Os moradores se involvem na cerimônia com muito prazer. Enquanto os residentes que vivem na parte oeste do vilarejo agem como os 'pais' das noivas, os residentes da parte leste agem como os 'pais' dos noivos. As cerimônias tiveram todos os elementos comuns de um casamento tradicional, incluindo um suntuoso banquete.

Entretanto, diferentemento do conto-de-fadas "O príncipe-sapo", onde o sapo feio se transforma num maravilhoso príncipe quanto a princesa o beija, o vilarejo de Villupuram anuncia o adeus aos noivos anfíbios e segue com sua vida normal. Os sapos assustados são levados de volta ao templo depois da cerimônia.

Primeiramente, os 'pais' das noivas foram em procissão até a casa dos 'pais' dos noivos na parte leste do vilarejo para arranjar o casamento e depois foram ao templo para apanhar os sapos. Os 'sapos-príncipes' foram amarrados à longas varetas decoradas com flores e festões para a cerimônia de casamento.

Uma mulher idosa do vilarejo disse que o ritual foi praticado tradicionalmente por diversas gerações para evitar os espíritos do mal e manter as doenças longe do vilarejo.

O coletor do distrito de Villupuram, R Palaniswamy, contou que designou um time dirigido pelo oficial do bem-estar social para visitar o vilarejo e submiter um detalhado relatório. "A administração do distrito se propõe a envolver compreensivos esquemas para motivar e incentivar os moradores contra o maldosas e ignorantes práticas", disse R Palaniswamy. Mas durante todos esses anos a prática do estranho ritual continua em acontecendo sem interrupção

foto1_6338.jpg
A noiva e o noivo
foto1_6338.jpg (33.16 KiB) Visto 974 vezes


Fonte: http://www.sobrenatural.org/noticia/det ... com_sapos/
 
Meu Deus!
 
Eu que pensava que já tinho visto de tudo no Acemprol, aparece mais um loucura!
 
Ai que nojo coitada dessas meninas tendo que se casar com sapos aff! :lol:
 
koisa dii lokoo
 
Eu vos declaro esposa e sapo!

Heheheh, o mundo tá acabando mesmo...

Poxa o sapo é apenas ficção garotinha... :o
 
af
se casa com sapo eh osso
kkkkkkk
 
kkkkkkkkk euri soh de ver o titulo