•  
     

Dirigente da Microsoft diz que Windows Vista deve ser melhor

Dirigente da Microsoft diz que Windows Vista deve ser melhorado visualmente

Houston (EUA), 11 jul (EFE).- Eduardo Rosini, vice-presidente mundial do grupo de soluções e parceiros para pequenas e médias empresas da Microsoft, afirmou hoje que a empresa tem que melhorar o atrativo visual de produtos como o Windows Vista para competir melhor contra a Apple.

Rosini, disse à Agência Efe em Houston, onde ontem terminou a Conferência Mundial de Parceiros da Microsoft, que a empresa tem um plano para melhorar sua posição no terreno da internet independente da aquisição do Yahoo! e que continuará avançado com ou sem sua compra.

Segundo Rosini, o interesse da Microsoft pelo Yahoo!, empresa pela qual ofereceu US$ 47,5 bilhões, se baseia na economia de escala que ofereceria a combinação das duas.

"Obviamente, para nós a oportunidade de levar aos clientes oportunidades 'online' é muito importante. A estratégia que seguimos nos últimos anos é que no final vai nos permitir ser a empresa que vende as melhores soluções 'online' para nossos clientes", disse Rosini.

"Acreditamos que temos melhor tecnologia que nossos concorrentes, mas neste momento não temos sua escala no terreno da publicidade 'online'. Em particular, o Google tem uma parte significativa do mercado".

A respeito da rivalidade com a Apple, que desde o lançamento do Vista conta com uma agressiva campanha de publicidade contra o último sistema operacional da Microsoft, Rosini explicou que a empresa precisa melhorar o atrativo visual de seus produtos.

"O Windows Vista, na área de segurança e infra-estrutura, é infinitamente superior ao Windows XP e qualquer outro produto da concorrência. Acho que a área em onde temos mais oportunidades para inovar é na interação com os consumidores, o aspecto atrativo".

"A Apple capturou um lugar com o público realmente interessado no estilo, na estética do produto, e é aí onde nós temos que realizar mais trabalho", acrescentou.

"Claramente tivemos problemas de percepção. Nesse sentido, é que vamos ser muito mais ativos para comunicar a realidade do Windows. Neste momento, a Apple está competindo com bastante agressividade e obviamente temos que nos esforçar mais em comunicar como nosso produto está posicionado", disse Rosini.

A respeito da transformação da Microsoft para começar a oferecer aplicativos executados através da internet e que não ficam nos sistemas dos usuários, o que a empresa chamou "Software+Serviços" ou S+S, Rosini afirmou que é uma grande oportunidade para as pequenas e médias empresas.

"As pequenas e médias empresas não podem enfrentar o investimento necessária para iniciar a infra-estrutura necessária para muitas tecnologias que as grandes empresas têm. Com este novo modelo a única coisa que será preciso fazer é começar a pagar a partir do mês que vem US$ 15 por usuário por mês", explicou.

"A idéia de que podem ter acesso à mesma tecnologia que as grandes empresas sem ter de fazer o investimento inicial é muito poderosa. Obviamente há certo nível de ceticismo, mas o custo de US$ 15 ao mês por pessoa é algo muito conveniente", disse.


Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... 02,00.html