•  
     

Diretor de criatividade da Microsoft "não entende o drama" de ter o Xbox sempre online

Os rumores de que o próximo Xbox exigirá conexão com a internet o tempo todo para jogar vêm causando grande polêmica. Agora, para apimentar um pouco mais a discussão, o diretor de criatividade da Microsoft, Adam Orth, andou twittando a opinião dele a respeito da discussão, dizendo que "não entende o drama de se ter um console 'always on", chegando a adicionar a hashtag #dealwithit (lide com isso).

A conta do Twitter de Orth agora está no modo privativo e não é possível visualizar seus tweets, mas o Kotaku, que deu a notícia, tem um link para o NeoGAF, onde há uma colagem com todas as tweetadas do diretor. Ele compara não comprar um Xbox por ele estar sempre online é como não comprar um aspirador porque às vezes a eletricidade cai.

Independentemente de estar ou não com a razão, Orth com certeza está indo na contra-mão da maioria dos gamers e até da experiência. Afinal, ainda está bem recente a memória do desastre que aconteceu com SimCity, por exemplo.

UPDATE: A Microsoft divulgou ontem mesmo um pedido de desculpas pelos tweets de Adam Orth. A declaração saiu no blog de Larry Hryb, funcionário de alto escalão do Xbox.

No texto, a empresa qualifica o comportamento de Orth como "inapropriado", diz que ele não fala pela empresa e não é assim que a Microsoft se relaciona com seus clientes. Mas, em momento algum é mencionado se haverá alguma sanção contra o funcionário e, mais importante, não é dito absolutamente nada sobre o novo console. Nem sobre a questão de estar ou não "always-on".