•  
     

Dicas para recuperar CDs e DVDs riscados.



Ter um CD ou DVD que, de repente, para de tocar não é “privilégio” de poucos. É algo extremamente comum, afinal, a superfície desse tipo de mídia é delicada e nem sempre temos o cuidado necessário com o manuseio.

É praticamente impossível evitar o aparecimento de riscos em um CD/DVD. Nos piores casos, a leitura é prejudicada, mas há medidas — algumas seguras, outras mais radicais e caseiras — para recuperar um disco que você já considerava como perdido.

Limpeza simples com pano seco
Às vezes, a leitura de um disco é prejudicada por digitais, gordura e outros tipos de sujeira. Nesses casos, uma limpeza básica deve ser suficiente. Sempre segure o disco com um dedo no centro e outros na borda.

Imagem

Comece com um pano seco, macio e que não solte fiapos. Alguns exemplos são panos de microfibra e aqueles para a limpeza de óculos. Sem fazer pressão, passe o pano do centro para a borda do disco.

CDs e DVDs são gravados em faixas, portanto movimentos circulares em torno do centro do disco podem danificá-lo, prejudicar grandemente a sua leitura e ainda torná-lo inutilizável.

O pano seco também pode ser utilizado em discos Blu-ray.

Água é uma possibilidade
Se a limpeza simples não for suficiente, o próximo passo é usar água. Lavar um disco não danifica uma mídia, desde que alguns cuidados sejam tomados. Utilize água morna corrente no disco. Se a sujeira é bastante teimosa, use dedos de maneira bastante suave para esfregá-la.

Você pode utilizar detergente neutro para aprofundar a limpeza ou produtos específicos de limpeza para mídias. O que não se deve fazer é usar produtos químicos fortes, como os com álcool.

Deixe o excesso escorrer um pouco e use um pano macio para secar, movimentando-o sempre do centro para a borda.

Produtos e serviços especializados
Imagem

No mercado não é difícil encontrar soluções para a limpeza e a recuperação de discos. Eles geralmente são comercializados como um kit com a solução de limpeza e o aparato onde o disco é limpo.

Em outros casos, são comercializados separadamente. A Philips, por exemplo, comercializa kits completos, soluções, panos específicos e já umedecidos com a solução, etc.

Além dos produtos específicos, é possível encontrar serviços de recuperação de mídias. Basicamente, utilizam máquinas profissionais de limpeza. Não é mais barato do que tentar em casa, mas é uma possibilidade, caso você esteja receoso de utilizar algum método caseiro.

Polimento
Uma das armas dos serviços profissionais é o polimento. Parece cruel ver um disco em uma máquina dessas, mas a prática é eficiente e comum em locadoras, por exemplo. Portanto, uma possibilidade é ir a uma locadora e perguntar se eles podem prestar o serviço para você.

Recuperação com softwares
Outra possibilidade é utilizar programas específicos para a leitura de discos riscados. Para CDs de áudio, uma das melhores opções é o Exact Audio Copy, que extrai as faixas de um CD em diferentes formatos de áudio.

Alguns softwares de gravação e cópia de discos têm configurações para corrigir ou ignorar erros de leitura. Basicamente, eles tentam repor os dados impossíveis de serem lidos ou então fazem a leitura devagar e várias vezes, em uma tentativa de recuperação. Então, com uma mídia nova gravada, os dados devem ser recuperados.

Clique aqui para acessar a seção com programas gravadores de CD e DVD.

A leitura minuciosa para recuperação de dados exige um bom drive de leitura. Há o risco de danificar o leitor caso um disco precise ser lido extensamente, portanto tenha cuidado.

Soluções caseiras
ATENÇÃO: os métodos descritos a seguir são extensamente divulgados pela internet e com bom índice de sucesso, no entanto, são recomendados apenas como último recurso. O uso de abrasivos não é recomendado com frequência, apenas como último recurso. Portanto, caso você tenha sucesso em recuperar um disco, aproveite e faça uma cópia. Siga as instruções cuidadosamente e faça por sua conta e risco. Recomendamos você testar em mídias que podem ser “sacrificadas” antes de tentar limpar aquele seu disco favorito.

Pasta de dente/bicarbonato de sódio
A solução caseira mais difundida na internet é a da pasta de dente com bicarbonato de sódio. O que esse polimento faz é remover um pouco da camada de plástico, deixando assim os riscos mais superficiais e, logo, mais fáceis para a leitura.
Imagem
Utilize pasta de dentes com bicarbonato de sódio. Não pode ser do tipo gel e nem conter micropartículas. Alguns aplicam a pasta com um pano, outros utilizam os dedos em movimentos de dentro para fora do disco.

Aqui não há um consenso: muitos recomendam movimentos circulares, outros indicam movimentos em linhas retas. Pelo sistema de leitura do disco, realmente os movimentos circulares devem ser evitados.

Se o disco estiver inteiro riscado, aplique então nele todo. Do contrário, é mais indicado limpar somente a área atingida. Depois remova o excesso de pasta de dente e seque-o bem.

Outros produtos utilizados para polir discos são polidores de metal (como a versão antiga do Brasso), massa fina para polimento de carros e o próprio bicarbonato de sódio (uma colher de chá de bicarbonato com uma colher de chá de água morna).

Vaselina (solução temporária)
A vaselina é apontada como solução temporária. Aplique-a sobre o disco com um pano macio e que não solte fiapos. Alguns utilizam cera para móveis também. Caso tente esse método, preste atenção às instruções de uso dos fabricantes.

Caso a leitura do disco seja recuperada, você deve fazer uma cópia imediatamente, pois o enceramento com vaselina é temporário.

Autor: Danilo Amoroso
 
Passar detergente tbm é uma alternativa! Obs: SE explica isso no vídeo eu não, pq não vi rs