•  
     

Depois do celular, Google quer vender energia elétrica

O Google, gigante do mundo da internet, acaba de receber autorização da Comissão Reguladora de Energia Federal (Ferc, na sigla em inglês) dos Estados Unidos para comprar e vender eletricidade.

A idéia do Google, inicialmente, é controlar o próprio consumo de energia elétrica e, em um segundo momento, entrar no mercado de eletricidade.

O documento de autorização da empresa especifica que a Google Energy LLC pode “vender energia, capacidade, e serviços suplementares a taxas baseadas no mercado”. Mas ressalta que o Google não “possui ou controla qualquer instalação de geração ou transmissão de energia”.

Fonte : Folha
 
WTF ! ?