•  
     

Deixar o PC ligado direto causa algum problema?

Ligar e desligar um computador é um processo que pode tomar um tempo considerável dos usuários, especialmente nos dias mais atarefados. Diante disso, há quem prefira deixar o equipamento constantemente ligado para poupar minutos ou baixar arquivos da internet. No entanto, deixar o PC ligado direto pode causar problemas? O TechTudo analisou essa questão e traz os prós e contras disso.
dscn0065.jpg

É importante que PCs ligados direto estejam em ambientes bem arejados e sejam alimentados por uma rede elétrica estável .

- Vantagens de não desligar o computador
Assim que o botão “Ligar” é apertado, inicia-se uma sequência de procedimentos na máquina: verificação do BIOS (Sistema Básico de Entrada/Saída do computador), carregamento do sistema operacional, preenchimento do login do usuário e, finalmente, processamento dos programas nativos e de atividades residentes.
Ao deixar o PC ligado, os usuários não perderão os poucos, mas inconvenientes, minutos de espera antes do término da inicialização do sistema. Além disso, poderão programar a atualização de aplicativos e recursos automaticamente pela internet.
Outra vantagem é evitar que seus componentes sofram certa deterioração devido às variações de temperatura nos períodos entre o ciclo de ligar e desligar o PC. Apesar do desgaste das partes mecânicas ser uma característica comum a todos os eletrônicos, as peças internas do computador são extremamente sensíveis a variações do ambiente, o que torna o estresse a que são submetidas ainda mais prejudicial.
- Os problemas de deixar o PC ligado
O primeiro deles é o aumento do consumo de energia da residência, já que, mesmo com o monitor e outros equipamentos desligados, o computador ainda precisará de eletricidade para manter suas placas e demais componentes em funcionamento. Além disso, essa constante atividade pode vir acompanhada por ruídos, que devem incomodar bastante quem tem um computador no quarto.
dscn0071.jpg

Os computadores foram desenvolvidos para realizar atividade de longa duração, como downloads, upgrades e backups.

Um PC ligado o tempo todo também está constantemente sujeito a riscos. Afinal, durante esse período, podem ocorrer falhas no suprimento de energia ou superaquecimento, causado pelo mau funcionamento e insuficiência do cooler. Assim, é necessário que os usuários estejam constantemente atentos às atividades do PC e tenham periféricos para casos de emergência, como coolers extras, estabilizadores e nobreaks.
Quanto ao funcionamento dos softwares, PCs que não são desligados deixarão de executar importantes procedimentos que os sistemas operacionais realizam durante a inicialização e o desligamento. Além disso, caso o computador esteja continuamente conectado à internet, há sempre o risco de ocorrerem infecções por malwares.
- A alternativa mais indicada
Para facilitar a vida dos usuários, as versões mais modernas do Windows, Mac e Linux possuem uma opção importada da “hibernação” dos Notebooks: o modo “suspender” ou “repouso”. Com ela, o sistema operacional irá desativar uma série de componentes não vitais do PC e diminuir o desgaste mecânico de algumas peças e a quantidade de energia consumida pela máquina.
sem-titulo.jpg

O modo "suspender" ou "repouso" desativa os de componentes não vitais do PC e mantem sua memória RAM ativa.

Outra vantagem do modo de suspensão é que a memória RAM do equipamento continuará ativa. Sendo assim, suas operações poderão ser reativadas instantaneamente e seus ambientes ficarão menos vulneráveis a infecções por atualizações automáticas.
Existe aplicativo para controlar PC pelo smartphone? Ajude usuário no Fórum do TechTudo!
Ainda na suspensão, é importante ter proteções contra instabilidades na rede elétrica, como estabilizadores e nobreaks, pois os computadores ainda permanecem ligados à energia. Além disso, recomenda-se fazer uma limpeza de prevenção a cada seis meses para remover toda a sujeira e poeira acumulada pelo cooler.
fonte