•  
     

Cursos a distância são os que mais se expandem no Brasil

Matrículas cresceram 78%, quase 20 vezes mais que nos presenciais. Mapa do Ensino Superior foi divulgado nessa segunda MEC



O Ministério da Educação divulgou, nesta segunda-feira, um censo que traça um novo Mapa do Ensino Superior no Brasil. Os cursos que mais crescem são os feitos à distância.

Doze por cento dos jovens brasileiros, entre 18 e 24 anos, cursam o ensino superior. Em 2007, o número de alunos matriculados aumentou 7% e passou dos cinco milhões. A grande maioria freqüenta aulas todo dia em faculdades e universidades, mas proporcionalmente os cursos a distancia são os que mais se expandem no país. As matrículas cresceram 78%, quase 20 vezes mais que nos cursos presenciais. Nos tecnológicos, que duram menos tempo, a expansão foi de 24%.

- Evidentemente eram áreas muito pouco desenvolvidas. O número de cursos era bem pequeno e vem crescendo significativamente. Você tem uma preocupação de expandir a matricula superior, principalmente nas áreas publicas ou gratuitas através do Prouni, disse o presidente do Inep, Reynaldo Fernandes.

Em 2007, as matrículas para cursos a distância nas instituições de ensino estaduais mais que triplicaram. Aumentaram bastante também nas instituições privadas e federais.

Nesta modalidade de ensino, o aluno quase não vai à faculdade. A carga horária pode ser cumprida pela internet. É pelo computador que os alunos tiram suas dúvidas, com o auxílio, inclusive, de um tutor de plantão.

- O ensino a distância, mesmo que não seja a maravilha das maravilhas, ele obriga o aluno a trabalhar. Ele não pode passar 20 horas por semana simplesmente assistindo aula e cochilando. Ele tem que ler, escrever, fazer exercícios, ele tem muita coisa para fazer, então acaba sendo um ensino mais ativo, disse o educador Cláudio de Moura e Castro.

Fonte: http://globominas.globo.com/GloboMinas/ ... RASIL.html