•  
     

Corpo do humorista Cláudio Chirinian, o ET, é enterrado

O corpo do humorista Cláudio Chirinian, o ET da dupla com Rodolfo, foi enterrado na tarde desta terça-feira (2), no Cemitério Bela Vista, em Osasco (Grande São Paulo). Sob aplausos de amigos e parentes, o caixão foi sepultado em um jazigo familiar, por volta das 17h.

Chirinian foi enterrado usando a roupa com a qual ficou conhecido: terno branco e gravata borboleta. Ele morreu na madrugada desta terça no hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, na zona sul da cidade, onde estava internado desde a última quinta-feira (28), devido a problemas pulmonares causados pelo tabagismo.

O humorista, de 46 anos, se encontrava em coma induzido, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ele morreu à 1h30 de parada cardíaca em decorrência de choque séptico, broncopneumonia e insuficiência renal, de acordo com nota do hospital.

Ele ficou conhecido pelo personagem ET e, ao lado de Rodolfo, participou dos programas "Ratinho Livre", na Rede Record, e mais tarde, do programa comandado por Gugu Liberato no SBT.

Cláudio Chirinian foi revelado na televisão em 1997, pelo apresentador Carlos Massa, o Ratinho, quando foi trazido ao palco dentro de uma caixa, depois de o repórter Rodolfo Carlos anunciar por dias a exibição de um extraterrestre ao vivo. No ano seguinte, foram contratados pelo SBT e ganharam espaço no "Domingo Legal", apresentado por Gugu Liberato.

A dupla ET e Rodolfo foi resultado de uma disputa agressiva pela audiência na TV brasileira, em que o "Domingão do Faustão" e o "Domingo legal" buscavam atrações esdrúxulas para atrair mais público. Após alguns anos de sucesso, em que chegou a gravar um CD humorístico com Rodolfo, Cláudio voltou a cair no anonimato. Em 2004, ele fez uma nova tentativa na TV Record, no quadro "Na boca do forno", dentro do programa do apresentador Raul Gil. Mas logo caiu novamente no ostracismo.

Veja abaixo vídeo da primeira aparição de Cláudio Chirinian na televisão:




rednosehS