•  
     

Construtora encontra mensagem de prisioneiros de Auschwitz

Ao realizar uma obra perto do campo de extermínio nazista, trabalhadores encontraram, dentro de uma garrafa, carta escrita durante a Segunda Guerra Mundial

Mensagem-garrafa.jpg
Mensagem escrita por prisioneiros do campo de extermínio nazista é encontrada por funcionários de obra
Mensagem-garrafa.jpg (13.9 KiB) Visto 376 vezes


Uma mensagem escrita a lápis em 9 de setembro de 1944 foi encontrada por funcionários de uma obra próxima do local onde ficava Auschwitz, na Polônia. O museu do campo de extermínio nazista informou que a carta tem nomes, números e as cidades de nascimento de sete prisioneiros, seis poloneses e um francês. Segundo agentes do museu de Auschwitz, três pessoas citadas na carta teriam sobrevivido ao Holocausto.

A garrafa que continha a mensagem foi encontrada dentro de uma parede de concreto de uma escola construída com o trabalho compulsório dos prisioneiros. O prédio, a poucas centenas de metros do campo de concentração, era usada como posto do Exército nazista.

O museu, dedicado a manter a memória do Holocausto, verificou a autenticidade da mensagem, escrita por prisioneiros que tinham, então, entre 18 e 20 anos. A ideia da carta era deixar para a posteridade algum sinal de sua existência.

A reportagem da BBC falou com Albert Veissid, um dos nomes citados na mensagem, que sobreviveu à Segunda Guerra e hoje mora na França. O museu tenta localizar Karol Czekalski e Wachaw Sobczak, que também teriam sobrevivido ao genocídio de mais de 6 milhões de pessoas promovido pelo regime de Adolf Hitler. Só em Auschwitz, mais de 1 milhão de pessoas foram executadas.

Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/E... HWITZ.html