•  
     

Congresso debate equivalência curricular de cursos de odonto

Projeto para a América Latina deve ser apresentado em janeiro de 2010.
Expectativa é conseguir adesão das principais universidades.


Propostas para facilitar o trabalho de dentistas em outros países da América Latina e a validação de cursos feitos no exterior são debatidas nesta terça-feira (27) na 27ª edição do Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo.

“A convergência dos currículos dos cursos permite uma qualificação uniforme, o que facilita o intercâmbio de profissionais na região”, afirma Francisco Omar Campos, coordenador do Encontro Latino-americano de Equivalência Curricular (Enlec), que faz parte do congresso.

“Essa medida também é importante para possibilitar o intercâmbio de estudantes entre universidades de diferentes países, assim como acontece na Europa”, diz. A expectativa é conseguir a adesão das principais universidades da América Latina.

Sem padronizar

Segundo Campos, o objetivo não é padronizar o currículo, mas elaborar pontos comuns na grade curricular das várias instituições de ensino. “A diversidade de cada região deve ser preservada.”

O evento tem a presença de diretores, coordenadores e professores das principais faculdades e cursos de odontologia dos países da América Latina, que debatem em seis grupos de discussão.

Todos os documentos elaborados pelas comissões e pelos grupos estão disponíveis no endereço http://www.ciosp.com.br/enlec/. O objetivo é finalizar o projeto até janeiro de 2010, quando cada país poderá dar andamento aos trâmites de implantação das propostas.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular ... LOGIA.html