•  
     

Computador vs Cérebro - A Batalha

Recentemente foi anunciado os 500 supercomputadores mais rápidos do mundo, na qual o antigo campeão foi derrubado por um competidor mais jovem e duas vezes mais veloz, o RoadRunner, que foi capaz de superar a barreira dos petaflops.

Imagem

Primeiro irei explicar um pouco sobre esse supercomputador, depois falarei do porque esse alvoroço todo por causa desse tal desse petaflop. Por fim, mas não menos importante, o porque do título desta matéria.

Foi dado o nome de Roadrunner para esse supercomputador, o que em português seria o nome equivalente ao Papa-Léguas (aquele bichinho que sempre lasca o Coiote), devido a sua incrível velocidade de processamento. Ele utiliza cerca de 19 mil processadores, os quais são 12.240 PowerXCell 3.2GHz (o mesmo utilizado no PlayStation 3) e 6.562 AMD Opteron Dual-Core.

Certo, mas qual o porquê desta mistura de processadores?! Basicamente os PowerXCell foram desenvolvidos e otimizados para realizarem apenas cálculos matemáticos, função principal de um computador. Porém é necessário que atividades básicas sejam realizadas como controle da máquina e do Sistema Operacional, para isso os AMD Opteron, que executam tais tarefas de forma mais eficaz do que os PowerXCell.

Ah, e já ia esquecendo, esta “criança” tem 98 terabytes de memória RAM, algo equivalente a 98.000 vezes o que os computadores domésticos tem, e roda com o Sistema Operacional Linux.

Vamos a segunda parte agora, FLOPS é uma unidade de medida computacional que quer dizer FLoating point Operations Per Second, ou seja, operações de ponto flutuante por segundo. E como muitos já devem saber peta é um prefixo utilizado para expressar 10*15 (10 elevado a 15), ou seja, 1.000.000.000.000.000. Portanto quando é dito que esse supercomputador ultrapassou a barreira dos petaflops significa dizer que ele é capaz de executar 1.000.000.000.000.000 operações matemáticas por segundo.

Agora chegamos a parte principal do post, o porque é tão importante o fato de um computador ser capaz de rodar a 1 petaflops. O nosso cérebro, máquina mais potente existente no planeta Terra, tem uma capacidade de processamento mensurada de mesma forma que os computadores, capacidade esta na casa dos 10 petaflops. Entenderam agora a importância? Estamos a um passo de ser possível à existência de um computador equivalente ao nosso querido e amado cérebro.

Mas não fiquem assustados, apesar de serem capazes de processar quase a mesma quantidade de dados que nós eles, AINDA, não são capazes de pensar do mesmo modo que os seres humanos. ;)

O post ficou grande e eu ainda teria conteúdo suficiente para duplicar esse tamanho só falando sobre este assunto, mas farei igual a um escritor que gosto, estou lhes dando o básico procurem se aprofundar com suas próprias pernas. Afinal o importante não é dar o conhecimento e sim deixar a vontade para procurá-lo.

Fonte : http://www.luizjogos.com
 
cérebro ganha, quem programa tudo isso é o homem computador não faz nada só obece ordem que ja passaram pra ele 8-)