•  
     

Cinegrafista registra monstro de lago na Suécia

Cinegrafista registra monstro de lago na Suécia

Uma equipe de filmagem sueca afirma ter capturado a imagem do lendário Monstro do Lago, uma criatura que, segundo diversos testemunhos, viveria nas profundezas do lago Storsjön, no centro da Suécia, desde o século XVII.

Exibidas na TV sueca, as imagens borradas mostram uma silhueta longa e estreita movendo-se no lago. O vídeo foi filmado por uma das câmeras instaladas há cinco meses por uma equipe independente de filmagem em uma pequena ilha do lago, o quinto maior da Suécia.
Segundo relatos, a mítica criatura, apelidada de Storsjöodjuret, teria entre 3,5 e 14 metros de comprimento, uma cabeça enorme, um longo pescoço e pelo menos três corcovas.

As tentativas de encontrar o suposto monstro tem gerado um interesse cada vez maior por buscas no lago Storsjön, na região de Jämtland.

O número de câmeras instaladas no lago está aumentando para 30, e a rede americana de TV NBC anunciou planos de documentar a caça à criatura.

Idade do Gelo
A história do Storsjöodjuret tem fascinado curiosos e caçadores de monstros nos últimos 400 anos.

Os primeiros relatos sobre o suposto monstro datam de 1635, e desde então foram documentados 200 testemunhos de 500 pessoas que juram ter visto a "_____ do lago".

Uma das diferentes teorias dá conta de que o monstro teria ficado aprisionado nas águas do Storsjön durante a Idade do Gelo, há 11 mil anos.

Em uma antiga ruína localizada na ilha de Frösön, situada no lago, foi encontrado o desenho de uma serpente, ao lado de uma cruz. Inscricões na local dizem que embaixo daquela pedra vive uma imensa serpente.


Caçadores de monstro
Diversas expedições já tentaram encontrar a criatura. Em 1894, um capitão sueco chamado Dedering criou uma companhia com o objetivo de capturar o misterioso animal, em uma caça patrocinada em parte pelo rei sueco Oskar II.

Em 1986, as autoridades de Jämtland chegaram a anunciar a proibição de "matar, ferir ou capturar" o monstro.

Em julho de 1996, imagens do que seriam a criatura foram registradas em vídeo pelo sueco Gun Britt Widmark, de 67 anos, durante uma expedição de barco pelo lago.

Dois anos mais tarde, uma missão famosa reuniu um grupo de pesquisadores suecos e o explorador Adrian Shine, líder do projeto de buscas a Nessie, o monstro do Lago Ness, na Escócia.

Nenhum resultado significativo foi obtido, mas o mistério continua atraindo caçadores de monstros.

"Todos os anos ouvimos relatos de pessoas que afirmam ter visto o monstro", disse Sten Rentzhog, da Sociedade de Investigação Científica do Lago Storsjö, que coleciona os testemunhos sobre o Storsjöodjuret realizados desde 1635.

"Há inclusive relatos de mergulhadores que dizem ter encontrado a criatura", acrescenta ele.

Apesar dos vários testemunhos e expedições já realizados, nenhuma imagem nítida da criatura do lago Storsjön foi registrada até o momento.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/popular/in ... 41,00.html