•  
     

Cazaque que vai fazer 130 anos na sexta pode ser a pessoa ma

Sakhan Dosova foi descoberta durante censo recente.
Ela credita sua longevidade ao bom humor e diz que nunca comeu doces.

Sakhan Dosova.jpg
A cazaque Sakhan Dosova, que deve completar 130 anos nesta sexta-feira (27). (Foto: Reprodução)


Autoridades do Cazaquistão afirmam ter encontrado a verdadeira mulher mais velha do mundo. Sakhan Dosova deve completar 130 anos nesta semana, o que a faz 16 anos maiws velha que a "atual" mulher mais velha, segundo os tabloides britânicos.

Mãe de dez filhos, Sakhan diz que nunca foi ao médico nem comeu doces. Ela se diz viciada em queijo cottage e credita sua longevidade ao senso de humor.

Sakhan foi "descoberta" pelas autoridades durante um censo demográfico em Karaganda, no norte do país. Elas descobriram que, quando o ex-ditador soviético Josef Stálin fez um censo na região em 1926, ela já tinha 47 anos.

Sua data de nascimento é 27 de março de 1879 e ela está citada claramente em seus documentos.

Até agora, sua fama era restrita apenas à sua vizinhança.

As autoridades estão checando os dados sobre a idade de Sakhan, com medo de que o país seja ridicularizado caso se descubra alguma fraude.

"Eu nunca tive nenhum segredo", diz ela. "Nunca tomei remédios e, se eu ficava doente, usava remédios caseiros para me curar. Eu nunca comi doces, não gosto. Mas eu amo kurt (queijo cottage salgado) e talkan (biscoito de trigo).

Oficialmente, de acordo com o Centro de Estudos de Gerontologia da Universidade da Califórnia em Los Angeles, a pessoa viva mais velha do mundo é a americana Gertrude Baines, nascida em 6 de abril de 1894.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... MUNDO.html