•  
     

Câmara afasta 102 servidores por nepotismo, diz Chinaglia

Câmara afasta 102 servidores por nepotismo, diz Chinaglia

BRASÍLIA, 30 de outubro (Reuters) - A Câmara dos Deputados exonerou nesta quinta-feira 102 pessoas, parentes de parlamentares e de servidores em postos de comando, informou o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP). A medida atende decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proibiu o nepotismo nos Três Poderes.



Para identificar os servidores passíveis de afastamento, a Câmara precisou recorrer à informática, pois a maioria dos parlamentares não informou os nomes dos parentes. Foi feito um cruzamento da folha de pagamento com sobrenomes de parlamentares e servidores da Câmara.



"Havia casos que não eram fáceis. Nos socorremos da informática e descobrimos outros casos. Foi feito um trabalho silenciosamente, mas eficaz até o momento", disse Chinaglia.



"Aqui, nós não procuramos nenhum caminho alternativo, nós aplaudimos a decisão do Supremo e tomamos as medidas de início", acrescentou Chinaglia, em referência ao Senado, que criou brechas para manter parentes dos senadores que tivessem sido nomeados antes da posse dos mesmos.



Sobre a intenção do Ministério Público Federal de investigar nepotismo no Congresso, Chinaglia disse que está disposto a colaborar. "Se quiser fazer aqui, nós vamos disponibilizar banco de dados, tudo aquilo que fizemos. E se o Ministério Público entender que deva fazer outras medidas, nós o auxiliaremos", disse Chinaglia.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0 ... 01,00.html