•  
     

Bombeiros encerram buscas e empresa divulga lista de passage

Foram confirmados 24 mortos e quatro sobreviventes.
Avião já foi retirado do rio Manacapuru, onde ficou submerso.


962266

O Corpo de Bombeiros encerrou no início da tarde deste domingo (8) as buscas por mais uma suposta vítima que estaria no avião que caiu na tarde do sábado (7) em Manacapuru, no Amazonas.

Foram confirmadas 24 mortes. Apenas quatro pessoas conseguiram sobreviver à queda da aeronave Bandeirante, que ficou parcialmente submersa no rio.

Na manhã deste domingo, o Corpo de Bombeiros de Manaus havia retomado os trabalhos de resgate para encontrar mais uma suposta vítima. "Um ribeirinho que ajudou a resgatar os sobreviventes nos contou que viu uma pessoa ser levada pela correnteza", afirmou de manhã o tenente do Corpo de Bombeiros de Manaus Marco Antônio Calmon Gama, que coordenou os trabalhos de busca.

No início da tarde, o tenente afirmou que essa informação estava errada. "Fomos verificar e essa pessoa que ele havia visto ficou presa no avião e foi uma das primeiras a serem retiradas. Então, o número de passageiros é 28 mesmo, com quatro sobreviventes apenas", disse. Segundo o tenente, o avião já foi retirado do rio e está em terra firme. "A Aeronáutica já estava fazendo a perícia."

A empresa Manaus Aerotaxi, proprietária da aeronave, divulgou no início da tarde a lista com os nomes das pessoas que estavam a bordo. Confira abaixo a lista de passageiros:

1 - Julia Caiane Melo Duarte

2 - Adalto Santos dos Santos

3 - Tamara Maria da Silva

4 - Hosana de Souza Melo

5 - Daniela de Souza Melo

6 - Janete Melo dos Santos

7 - Merciclei de Souza Melo

8 - Mateus Dantas da Silva

9 - Evandro da Costa

10 - João Liberal Neto

11 - Erick da Costa Liberal - sobrevivente

12 - Natalia da Costa Liberal

13 - Joelma Aguiar

14 - Ana Lucia Reis Laurea - sobrevivente

15 - Brenda Dias Moraes - sobrevivente

16 - Jonas de Souza Melo

17 - Micicleide de Oliveira

18 - Yan da Costa Liberal - sobrevivente

19 - Stephanie da Costa Liberal

20 - Laio Neto Melo Pinheiro

21 - Anads Junior

22 - Daniel de Melo

23 - Emanuel de Melo

24 - Luis Eduardo Melo Santos

25 – Maria Eduarda Melo

26 – Camile Almeida Melo

Tripulantes:
27 - Piloto - César Leonel Grieger , 47 anos, gaúcho
28 - Copiloto - Danilson Cirino Ayres da Silva, 23 anos, amazonense

A empresa divulgou o telefone (92) 3652-1620 para que as famílias das vítimas possam obter mais informações sobre o ocorrido. Em seu site, há uma nota de pesar às vítimas.



Segundo Marcelo Alves Cabral, diretor do Hospital Regional de Manacapuru, onde os sobreviventes foram atendidos, todos passam bem. "Eles tiveram apenas escoriações e estavam muito nervosos, mas conversando bem, não estavam em estado de choque. O Érick teve um corte mais profundo nas costas, mas todos foram medicados e já liberados", afirmou Cabral.

"Eles me contaram que ouviram quando um dos motores parou e a aeronave perdeu altitude, teria batido em alguma coisa e depois entrou de bico na água. Como eles estariam no fundo do avião, conseguiram se salvar saindo pela porta de emergência", contou Cabral.

O acidente

O avião decolou da cidade de Coari e, cerca de uma hora depois, caiu no Rio Manacapuru, próximo à ilha de Monte Cristo, na comunidade Santo Antônio, região da cidade de Manacapuru, por volta de 16h (horário de Brasília).

Segundo a Aeronáutica, o piloto entrou em contato com a torre do aeroporto de Manaus e informou que voltaria para Coari por causa da forte chuva. Nesse momento, o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) perdeu contato com a aeronave.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,, ... EIROS.html