•  
     

Blecaute no Havaí deixa Obama e mais 900 mil pessoas sem luz

Washington, 27 dez (EFE).- Os quase 900 mil habitantes da ilha de Oahu, entre eles o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua família, de férias no local, ficaram às escuras após uma tempestade causar um blecaute, informaram hoje as autoridades do estado americano do Havaí.

A estação "KGMB" da televisão de Honolulu disse que o blecaute começou no final da tarde, quando acabou o fornecimento em quatro linhas principais de transmissão na usina Kahe, e que duas horas depois, foi cortada a eletricidade em Makakilo e Kapolei, e em algumas partes do litoral de Waianae.

"O momento não podia ter sido pior", acrescentou a televisão local.

"Os shoppings estavam cheios de pessoas e as estradas lotadas com o trânsito das festas", acrescentou.

As autoridades aconselharam os moradores na ilha - 800 mil e milhares de turistas-, uma das médias no arquipélago do Havaí, que ficassem em casa e restringissem o uso de água potável.

Os porta-vozes da empresa Hawaiian Electric indicaram que os blecautes começaram a afetar várias partes da ilha no final da tarde, após uma tempestade com raios.

Entre as áreas afetadas, se encontra o distrito de Kailua, no leste da ilha, onde Obama está hospedado.

O prefeito Mufi Hannemann disse à televisão local que, por volta de 22h (hora local), a Polícia de Honolulu tinha falado com Obama e o presidente eleito disse que "estava bem e que ele e sua família iam dormir".

A governadora Linda Lingle aconselhou todos os habitantes de Oahu a fazerem o mesmo, à espera de que, durante a manhã, os operários consertaram os serviços elétricos.

Lingle acrescentou que a empresa de eletricidade tinha levado um gerador à residência onde Obama, a esposa e as filhas estão hospedados.


Fonte: http://noticias.uol.com.br/album/081227 ... brefoto=16