•  
     

BC disponibiliza ranking simplificado das taxas de juros cob

BRASÍLIA - Com o objetivo de incentivar a concorrência entre os bancos brasileiros e, como consequência, tentar puxar para baixo os juros do sistema financeiro, o Banco Central disponibiliza a partir desta quinta-feira tabelas simplificadas com as taxas de juros cobradas em operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas.

O consumidor poderá encontrar dados sobre juros do cheque especial, crédito pessoal e para a aquisição de bens e automóveis. As empresas poderão comparar os juros para desconto de duplicatas, capital de giro prefixado, conta garantida, aquisição de bens e capital de giro flutuante.

O maior número de instituições foi relacionado entre as que oferecem crédito pessoal, com 97 entidades, com taxas que variam de 1,02% a 25,44% ao mês. As que oferecem crédito por meio de cheque especial são 35, com juros médios que variam de 1,97% a 10,12% ao mês.

O Banco Central informa que ausência de alguma instituição no ranking ocorrerá quando ela não operar com uma modalidade específica de financiamento ou não ter repassado informações para todo o período. A lei prevê penalidades para a omissão dos dados.

Série histórica

As informações já eram reunidas pelo Banco Central desde 1999, mas estavam disponibilizadas de forma menos visível e mais detalhada. Os dados apresentados representam médias ponderadas das taxas cobradas pelas concessões de crédito observadas nos últimos cinco dias úteis.

De acordo com o texto introdutório, também acessível pelo site do Banco Central, as instituições praticam, em geral, taxas diferentes dentro de uma mesma modalidade de crédito, possibilitando variações entre a o percentual cobrado de um cliente e a taxa média, divulgada pelo governo. O prazo e o volume da operação, como também as garantias oferecidas, são fatores que podem provocar essa variação.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/economia ... 48997.html