•  
     

Bactérias escravizam vírus para fazer 'sexo' com outras espé

Transferência de DNA acontece entre micróbios com parentesco distante.
Descoberta preocupa porque indica transferência de genes 'tóxicos'.


Os cientistas sabiam há tempos que a promiscuidade domina o mundo das bactérias, mas ainda assim levaram um susto ao descobrir o quanto ela é disseminada. Com a ajuda de um tipo especial de vírus, os micróbios parecem ser capazes de transferir material genético -- em linhas gerais, algo muito parecido com sexo, em termos humanos -- para espécies que têm apenas parentesco distante com os "donos" desse DNA.



bacteria.jpg
A bactéria Staphylococcus aureus, cujo material genético pode ir parar em outros micróbios (Foto: Reprodução)



A conclusão está num artigo na última edição da revista especializada americana "Science", e preocupa porque a promiscuidade unicelular poderia abrir caminho para a transferência de genes nem um pouco amigáveis aos humanos de bactéria para bactéria. É de se imaginar que trechos de DNA capazes de conferir resistência a antibióticos ou maior agressividade seriam passados de "mão em mão", pelas espécies bacterianas.



John Chen e Richard Novick, do Centro Médico da Universidade de Nova York, estudaram estudaram a função de leva-e-traz desempenhada pelos bacteriófagos, vírus que infectam bactérias. Já se conhecia a capacidade deles de levar certas frações de material genético de um indivíduo bacteriano para outro -- dentro da mesma espécie. O vírus retira pedaços de DNA dos cromossomos das bactérias, faz cópias deles e os leva para outro micróbio.



A dupla, porém, verificou que a Staphylococcus aureus, bactéria tristemente célebre por suas variedades resistentes a antibióticos e causadoras de infecção hospitalar, também é capaz de passar seu DNA para espécies muito distantes, como a Listeria monocytogenes. Os genes trocados não são nada inocentes, pois têm a ver com a produção de toxinas pelos microrganismos. Aliás, esse troca-troca parece ocorrer até no leite de vaca, o que poderia apresentar risco para os rebanhos bovinos.


Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0, ... ECIES.html
 
uhauahuahuaha so o nome da reportagem da vontade de rir muito loco pra começo de historia
 
uahuauhauh eu não intendo nada disso mais eu acho muito engraçado
 
jeanderson Escreveu:uahuauhauh eu não intendo nada disso mais eu acho muito engraçado


Não entende e acha engraçado srsrsrsrs

esse foi boa