•  
     

Ayrton Senna e Erik Comas: unidos na adversidade

Ayrton Senna e Erik Comas: unidos na adversidade

Erik Comas foi um polêmico piloto francês, que correu na Fórmula-1 entre 1991 e 1994. Não muito talentoso, em contra-partida não tinha "papas na língua" e desfiava frases polêmicas, sobretudo em um período no qual o "politicamente correto" era moda na Fórmula 1.

Ele ficou para sempre marcado por uma relação diferente com o tricampeão mundial Ayrton Senna. De solidariedade entre os pilotos. Dois anos antes, no desastroso acidente que o inglês Martin Donnelly foi literalmente jogado no meio da pista em Jerez de la Frontera, Espanha, Senna é o único piloto a ir ao local do acidente e voltar extremamente preocupado.

O primeiro incidente entre o brasileiro e Comas ocorreu nos treinos do GP da Bélgica de 1992. Correndo pela Ligier, Erik Comas bateu forte na sequência de curvas chamada "Blanchimont", na parte mais rápida da pista de Spa-Francorchamps.

Senna passava pelo local, parou na mesma hora, desceu do carro para verificar se Comas estava bem. O francês desmaiou e ficou com o pé no acelerador. Senna chega, segura a cabeça de Comas até que os médicos cheguem, além de desligar a ignição do carro.



Dois anos depois, na trágica corrida de Ímola de 1994, Comas parou na quinta volta com problemas no carro. Na volta seguinte, Senna bateu na Tamburello e passou a ser atendido pela equipe médica. Provavelmente nenhum energúmeno na Larrousse percebeu que a corrida estava em bandeira vermelha (ou seja, SUSPENSA) e liberou Comas para voltar à pista.



O francês vem em alta velocidade e só não causa uma tragédia porque consegue frear a tempo de não atropelar dezenas de fiscais de pista, equipes de resgate e um HELICÓPTERO no meio da pista.

Porém Comas enxerga o capacete ensanguentado e destruído de Senna. Ciente de que as chances eram mínimas e uma tragédia havia acontecido, o francês se sente tão mal com o acidente que retorna aos boxes e se retira da prova. Ao final daquela temporada, sem sucesso nas pistas, Erik Comas se torna piloto de carros de turismo, com sucesso nas 24h de Le Mans.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/defa ... 929242.dwt