•  
     

Atualização do Windows removerá código do botnet Srizbi de P

São Francisco - Nova versão de ferramenta para remover softwares maliciosos da Microsoft eliminará um dos maiores botnets ativos do mundo.

A Microsoft reforçou sua ferramenta de remoção de softwares maliciosos (MSRT, na sigla em inglês) distribuída junto com o Windows. Agora, o sistema operacional irá detectar e eliminar o código do botnet Srizbi.

"A atualização no MSRT desse mês ataca um dos maiores botnets ativos atualmente no mundo", escreveu o porta-voz Vincent Tiu no blog da Microsoft na terça-feira (10/02). "O Win32/Srizbi tem sido acusado de ser responsável por uma enorme quantidade de spams enviados nos últimos anos. Esperamos conseguir um impacto positivo com a adição do Win32/Srizbi no MSRT".

Devido ao fato dos softwares de detecção da Microsoft rodarem em milhões de computadores mundialmente, incluindo muitas máquinas que não possuem softwares antivírus atualizados, uma ação como essa enfraquece muito qualquer botnet. Em setembro de 2007, a companhia adicionou a detecção ao botnet Storm Worm no Windows - após 24 horas ,o programa havia removido 91 mil infecções.

O Srizbi foi nocauteado em novembro do ano passado, quando a rede de botnets McColo foi desligada A derrubada deixou os servidores de comando e controle do Srizbi fora de operação e atualmente há apenas 1% do botnet ainda ativo. Mesmo assim, há centenas de milhares de PCs infectados pelo Srizbi.

Para o pesquisador de botnets da SecureWorks, Joe Stewartm, a Microsoft teria eliminado mais spams se tivesse como alvo outro botnet, o Xarvester. Mas ele ainda aplaudiu a ação da Microsoft em limpar os computadores infectados pelo Srizbi. "É bom ter os computadores livres dos malwares, mas isso não vai ter o mesmo impacto que teve sobre o Storm", disse o especialista.
Robert McMillan, editor do IDG News Service, dos EUA

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2009 ... bi-de-pcs/