•  
     

As mulheres também traem!!

Os números comprovam, uma recente pesquisa revelou que, atualmente: Na média, 65% dos homens e 55% das mulheres já tiveram pelo menos um caso extraconjugal.

A história mostra as mulheres como submissas e traídas, quando nem sempre é assim

Já nos anos 50, o dramaturgo Nélson Rodrigues chocava a sociedade ao fazer apologia da “adúltera”. Para o escritor, a mulher que tinha casos extraconjugais era a melhor: mais carinhosa, alegre e feliz. E por uma razão simples: segundo ele, a que traía não precisava lutar contra seus instintos, como fazia a “virtuosa”. Esta teoria, claro, foi abominada pela sociedade.

Naquela época, e até mesmo há pouco tempo, a mulher que traía o marido ou o companheiro era destratada pela sociedade. E nem o homem escapava das pichações sociais. O homem que trai é sem vergonha e a mulher que foi traída, uma coitada. Mas, ao ser traído, ficava a imagem de que o homem não havia cumprido com suas obrigações de macho.

Ainda hoje, a situação não mudou muito. A tendência ainda é a de as pessoas assumirem julgamentos dentro de padrões determinados pela sociedade. Assim sendo, os homens seriam canalhas, que só pensam em sexo e não querem compromissos, enquanto as mulheres seriam voltadas para a relação e passivas sexualmente. Elas só sairiam desse estado em situações extremas

As mulheres hoje traem pelos mesmos motivos que os homens

A idéia em torno de traído e traidor pode até não ter mudado tanto, mas os motivos mudaram sim. Atualmente algumas mulheres traem pelas mesmas razões que os homens: sexo, prazer, vontade, curiosidade. Embora o principal motivo continue sendo a insatisfação consigo mesma ou com o outro.

A mudança no comportamento feminino se deve a um fator: Antes, as mulheres só podiam fazer sexo quando achavam que gostavam dos parceiros, ou seja, quando existisse um envolvimento afetivo. Agora é diferente e elas aceitam ter relações sem amor, por prazer ou mesmo por autonomia e independência.

Muitas mulheres casadas ou que têm namorado estão encarando relações com parceiros eventuais ou amantes e guardam isso bem inacessível aos companheiros. E fazem isso por prazer. Há uma sensível diferença entre o comportamento feminino e o masculino.

As mulheres podem pular fora de um casamento sem ter outros homens. Isso porque elas conseguem ficar sozinhas, ao contrário dos homens.


Fonte:

http://www.iconquista.com.br/blog/index ... bem-traem/