•  
     

Arqueólogos dizem ter desenterrado um dos primeiros reis de

Corpo de nobre pré-colombiano está enterrado em templo de Copán.
Especialistas hondurenhos vão estudar arcada dentária do homem.

Copan.jpg
Imagem de Copán feita por pintor no século XIX (Foto: Reprodução)


Especialistas do Instituto Hondurenho de Antropologia e História acreditam ter achados restos de um dos primeiros reis da cidade maia de Copán. "Foi encontrado um esqueleto numa sepultura do templo de Oropindola que, de acordo com as investigações, tem grande importância", afirma o diretor do instituto, Darío Euraque.



A dinastia maia de Copán, que teve 16 reis, floresceu entre os anos 426 e 820 da Era Cristã e deixou belos monumentos de pedra no local, que fica 400 km a noroeste de Tegucigalpa. Segundo Euraque, os restos estão muito deteriorados, porque pedras pesadas caíram sobre os ossos do homem, com cerca de 30 anos. "Mas os dentes estão suficientemente conservados para que possamos continuar as pesquisas", afirmou ele.


Na tumba, os especialistas, coordenados pelo arqueólogo Ricardo Agurcia, acharam também oferendas para o morto. No mesmo templo, a equipe achou uma pintura que pode ter servido como base para jogos rituais.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0, ... ADE+M.html