•  
     

Aluna Geisy Arruda fala sobre expulsão da Uniban !

A expulsão da estudante da Universidade Bandeirante vem causando discussões dentro e fora da sala de aula.
A punição, divulgada neste fim de semana, provocou reação até no noticiário estrangeiro.

ão se falava em outro assunto. A expulsão de Geisy foi o tema principal das conversas desta segunda-feira no campus da Universidade em São Bernardo do Campo, Grande São Paulo, onde ela cursava o primeiro ano de turismo.

"Foi ela que não se deu respeito", diz uma garota.

"Acho que agiu com certo preconceito", comenta um menino.

"Acho que a faculdade agiu certo", afirma outra jovem.

"Eu acho que ela tem que voltar sim", opina um estudante.
A punição aplicada pela Uniban provocou reações diferentes também entre internautas:

"É um direito da universidade decidir isso".

“Foi uma decisão arbitrária e precipitada".

A expulsão de uma aluna que usou saia curta para assistir às aulas também foi noticiada na versão na internet do jornal americano The New York Times e no inglês, The Guardian.

Geisy Arruda, de 20 anos, ficou conhecida depois que foi à aula com vestido curto. Emimagens divulgadas na internet a aluna é cercada por um grupo de alunos. Ela precisou usar um jaleco e ser escoltada pela polícia para deixar o campus.

O comunicado de expulsão foi publicado neste domingo em jornais de São Paulo. Segundo a sindicância da Uniban, a "aluna tem frequentado as dependências da unidade em trajes inadequados, indicando uma postura incompatível com o ambiente, apesar de alertada, não modificou seu comportamento".

A nota diz ainda que: "no dia dos fatos, a aluna fez um percurso maior do que o habitual aumentando sua exposição". E a que "atitude provocativa da aluna resultou em uma reação coletiva de defesa do ambiente escolar".

Segundo a decisão do conselho superior da universidade, baseada no regimento interno, a aluna foi desligada em razão do flagrante de desrespeito aos princípios éticos, à dignidade acadêmica e à moralidade.

O assunto chegou ao Ministério da Educação. O MEC informou que nesta semana vai notificar a Universidade Bandeirante solicitando mais detalhes da expulsão da aluna Geisy Arruda. Dependendo da resposta, o Ministério poderá tomar algumas providências, mas não informou quais seriam as medidas.

A delegacia da mulher abriu um inquérito para investigar o caso.



Sandra Annemberg conversou com a estudante por telefone:



Você não voltar à faculdade, representa o quê na sua vida? "Tudo o que eu mais queria era voltar a estudar. Eu perdi todos os meses que meu pai pagou com muito sacrifício, o meu ano na faculdade foi todo para o lixo agora. Eu estou muito perdida, muito abalada, muita pressão de todos os lados, eu nunca imaginei que isso fosse acontecer comigo. Realmente foi uma grande injustiça, uma grande maldade, porque na verdade eu fui a vítima e isso não vai ficar assim", declara Geisy Arruda.



Você sempre se vestiu deste jeito?



"Eu sempre me vesti de uma forma que me sinta bem, de forma que eu não ofenda ninguém. E eu sempre fui deste jeito. De forma alguma, ninguém nunca me recriminou, nem falou que eu não poderia ir. Eu fui humilhada não só dentro da faculdade, mas o Brasil inteiro viu os meus vídeos. Tentaram colocar celulares dentro das minhas pernas, dentro do meu vestido. Isso não pode acontecer com uma mulher, comigo e com mais ninguém", disse a estudante.

A Uniban suspendeu um grupo de alunos que participou da manifestação contra a estudante. O MEC vai notificar a Uniban ainda esta semana e vai pedir informações detalhadas sobre a decisão de expulsar a aluna.


Bom e ai, oque vocês acharam desse caso da putinha ?! -.-'
 
PUTZ VEIO
É TUDO JOGADA DE MARKETING POR PARTE DA UNIVERSIDADE !
VOCE ACHA QUE QUAL AÇÃO SERIA MAIS LUCRATIVA PARA ELES :
EXPULSAR TODOS OS ESTUDANTES QUE ESTAVA CHAMANDO A OUTRA DE ____.
OU EXPULSAR A ____ POR USAR UM VESTIDO HORRIVEL ( eu comeria ela )
Aff¬¬ nem falo mais nada