•  
     

Alonso quer "grande resultado" na sua despedida da Renault

Fernando Alonso, piloto espanhol campeão mundial da F-1 pela Renault nas temporadas de 2005 e 2006, já acertou com a Ferrari para correr em 2010. No GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, ele se despede da equipe francesa neste domingo na prova que encerra a temporada. Cinco dias antes da corrida, o espanhol já imagina os últimos na Renault.

- Eu adoraria finalizar a temporada e a minha carreira na Renault com um grande resultado. Será uma corrida emocionante, porque tenho tantas memórias especiais com essa equipe e estou saindo com muitos amigos. Eu sempre gosto do desafio de um novo circuito e a pista em Abu Dhabi parece muito impressionante.

Alonso será substituído na Renault pelo polonês Robert Kubica, atualmente na equipe BMW. O espanhol de 28 anos será o companheiro do brasileiro Felipe Massa na Ferrari em 2010, e já falou na Ranault como a sua concorrente.

- A Renault é um dos grandes times da Fórmula 1 e espero brigar com eles na pista nos próximos anos.

Em 2002, Alonso era piloto de testes da Renault. No ano seguinte, estreou na principal categoria do automobilismo bancado pelo então chefe de equipe Flavio Briatore, e permaneceu até 2007. Na McLaren em 2008, não se adaptou e acabou voltando ao time francês. Com 26 pontos, ele ocupa o nono lugar do Mundial deste ano e tem o terceiro lugar em Cingapura como melhor resultado.

Na Renault, além das boas recordaçõoes e do bicampeonato mundial, Alonso foi personagem do escândalo de manipulação do resultado do Grande Prêmio de Cingapura-2008. Beneficiado pelo acidente proposital do brasileiro Nelsinho Piquet, ele venceu a corrida. Acusado de manipulação de resultado, o piloto acabou absolvido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).
 
O bagulho eh rubinhooooo