•  
     

Ai ricas costinhas.

Ontem voltei a ir a praia, era o último dia de aulas mas não fui. Preferi estar com os meus dois melhores amigos e o R.F na praia.

O meu melhor amigo despressou-me a tarde toda. Fiquei super triste com ele. Não me poia aproximar nem um bocainho que fugia logo de mim, como se lhe fosse fazer mal. A minha melhor amiga só me dizia, atira-te a ele, Filipa aproveita, não vim aqui para ficarem na mesma, vá lá. Mas por muito que eu tentasse ele evitava-me. Mas pronto eu ainda me diverti muito com eles os 3.

Como a minha mãe não sabia que eu tinha ido a praia, tive de lhe pedir para jantar em casa da m.a para disfarsar. E adorei lá ter jantado, eles são muitos, ela tem 2 irmãs e um cão, então foi a paródia total. Adorava ter tido uma familia assim, pelo menos mais um maninho ou maninha. Mas pronto, falamos de muita coisa, ri-mos gosamos. Soube-me bem aquele bocadinho.

Cheguei a casa e fiquei a falar com a minha mãe uns largos minutos, quase uma hora e também gostei, não me importava nada de que fosse assim todos os dias. Assim vale a pena viver. Tirando a parte do melhor amigo.

Ele depois mandou uma sms a dizer que naquela tarde só queria estar comigo como amigo e que nada passasse da amizade. Tudo bem não o condeno, mas evitar-me a tarde toda fez-me sentir mal, muito mal mesmo. Não fazia mal um beijinho, um abraço, não faz a ninguem, também o fiz com o RF e não significou que quissesse mais que aquilo. O RF diz que tenho de pensar bem, porque estou a sofrer com isto e que o mais provavel é ele não gostar de mim tal como eu gosto dele.

A ver vamos :x

Até amanha

Fonte: http://anonimafilipa.blogs.sapo.pt/42468.html