•  
     

" A Morte Bate à Porta "

:: Numa certa noite de interior, em meio a uma roda com fogueira, muito frio e de histórias de horror, um certo garoto lança um desafio ao amigo. Faremos uma aposta, eu duvido que o Márcio entre no cemitério a meia-noite. O Márcio, então respondeu ao amigo: - Aceito o desafio e não só entro como ainda trago algo para comprovar que estive lá. Então a meia-noite ambos foram ao portão do cemitério, o amigo para ver com seus próprios olhos que Márcio entraria. Márcio entra, e o amigo assustado com a escuridão corre de volta para casa e fica lá com os amigos esperando o retorno de Márcio. Márcio com muito medo, começa a ouvir passos e vozes, olha para traz e nada vê somente uma enorme escuridão, com muito medo, arranca logo uma cruz do cemitério e corre desesperado de volta para casa...... Ao sair do cemitério ao longe escuta gritos de desespero. Chegando contente, entra em casa sorridente e mostrando a todos a sua coragem, com aquela cruz na mão, prova ao amigo que não tem medo de mortos. Os dois ficam rindo da aposta..... Quando, entra em casa um dos amigos dizendo: - Márcio, um certo o João Alves está lá fora a tua procura.... ele veio buscar algo dele que está contigo. Márcio olha desesperado para o amigo e diz: - Mas eu não conheço nenhum João Alves, e no mesmo instante os dois olham para a cruz e para espanto dos dois, na lápide havia o nome... "João Alves".

Fonte: http://www.mrmalas.com/lendas/view.asp?id=244
 
Vai meixer com quem está quieto!!! :D
 
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
:? :? :? :? :? :? :shock: :shock: :shock: :shock: :shock:


Credo

:lol:
 
Você está distorcendo
isso na verdade é uma piada