•  
     

A FLOR DA AIDÉTICA

Em 1993 , Rodrigo era um universitário paulistano de férias em Curitiba . Neste período , numa certa noite , ele decidiu visitar um bordel . Lá , este moço conheceu uma garota de programa chamada Patrícia Lunar . Os dois tiveram um caso , mas o problema é que nenhum dos dois usou preservativo .
Quinze dias depois , Patrícia levou Rodrigo ao aeroporto , pois suas férias haviam acabado .
Porém , antes da despedida a garota deu uma caixa para o rapaz e disse :
- O que tem dentro desta caixa é uma surpresa , por isto você terá que me prometer que só vai abri – la quando chegar em São Paulo .
Então , Rodrigo exclamou :
- Prometo !
Assim , os dois se despediram com um beijo e o moço entrou dentro do avião .
Como Rodrigo era muito curioso , mesmo dentro do avião , ele abriu a caixa . Dentro dela havia uma flor murcha e um bilhete em que estava escrito :
“ – Parabéns !
- Você está igual a esta flor ...
- Você acabou de pegar o vírus da AIDS . “
Ao chegar em São Paulo , este moço fez o exame de HIV , e , o resultado foi positivo .
Desta maneira , ele resolveu pegar um avião para Curitiba e tomar satisfações com a garota de programa .
Ao chegar no bordel , este rapaz falou à dona do lupanar :
- Boa – noite !
- Por favor , eu gostaria de falar com a funcionária Patrícia Lunar .
Assim , a dona do estabelecimento , disse :
- O que ?
- Patrícia Lunar faleceu em 1987 .
Deste jeito , o rapaz exclamou :
- Não pode ser !
- Eu contratei os serviços dela há alguns dias atrás !
- Não é possível !
- Ela morreu de que ?
Então , a dona da boate exclamou , deste jeito :
- Eu não minto !
- Nunca duvide de mim !
Após falar isto , esta senhora fechou as portas do local na cara de Rodrigo .
Mas , quando o rapaz estava virando a esquina , uma moça apareceu e disse :
- Eu sei de tudo sobre Patrícia Lunar .
Desta maneira , o moço perguntou :
- O que você sabe ?
Deste jeito , ela respondeu :
- Eu sei de tudo :
- Patrícia Lunar morreu de AIDS , em 1987 .
- A lenda diz que o fantasma dela apavora os clientes de vários bordéis .
Então , o rapaz falou :
- Eu não posso acreditar nesta história .
Assim , a jovem disse :
- Então , venha comigo ao Cemitério Municipal e você verá o túmulo dela com foto e tudo .
Desta maneira , a moça levou Rodrigo até o Cemitério Municipal e ele viu a foto de Patrícia , num túmulo , onde estava escrito :
Patrícia Gorski


fonte: http://www.bocadoinferno.com/romepeige/ ... etica.html