•  
     

67 computadores somem de laboratório nuclear nos EUA

De acordo com uma sindicância organizada pela POGO (Project on Government Oversight, ou projeto de monitoramento governamental, numa tradução bem livre), 13 computadores "sumiram" do laboratório de armas nucleares de Los Alamos, no Novo México no ano passado. Assim, o número de máquinas roubadas ou perdidas nos últimos anos sobe para 67.

Com cerca de 10 mil empregados, atualmente o laboratório conduz pesquisas relacionadas à defesa nacional, espaço, energia, nanotecnologia, medicina e supercomputadores. Durante a segunda guerra mundial, Los Alamos foi o centro de desenvolvimento do Projeto Manhattan, que acabou resultando nas famigeradas bombas atômicas detonadas no Japão.

Em entrevista para a Associated Press, Kevin Roark, porta voz do laboratório, afirma que nenhum dos computadores desaparecidos continham informações confidenciais.

Por essas e outras, UOL Tecnologia recomenda: sempre proteja seus dados, faça backups regulares e nunca ande com informação que possa ameaçar a paz mundial em seus notebooks.

Fonte: http://uoltecnologia.blog.uol.com.br/ar ... 33915325-0